Vamos Corrigir?

Muito já se falou sobre a necessidade de apurarmos os conhecimentos técnicos com relação á língua portuguesa, mas poucos dão importância a detalhes que podem mudar tudo em um discurso ou texto.  Isso sem falar nas conotações negativas, na falta de cuidado para redigir um texto, nas redundâncias e nos erros de concordância. Erros crassos no português desestimulam a continuidade do projeto, seja pessoal ou profissional. O computador, e-mails e redes nos expõem ainda mais a esses deslizes.  Não vamos aqui nos deter em quem é o culpado, o que importa agora é tentar solucionar alguns problemas que se repetem no dia a dia.

“Qualquer coisa que passem pra mim fazer, eu entrego no prazo”

Para eu fazer: antes de verbo, nunca se usa pronome oblíquo. Só o pronome pessoal é permitido.

“Espero que eu seje aprovada.”

A conjugação “seje” não existe no português. Espero que eu seja aprovado é o correto.

“Agora já fazem dez anos que estou casada.”

Faz dez anos: quando o verbo “fazer” indica tempo ele é sempre impessoal – faz um ano,faz cem anos.

“Deixei de fazer unhas porque houveram algumas clientes que não me pagaram.”

Houve algumas clientes. Haver no sentido de existir é impessoal e não admite flexão. Nunca.

“Vou adiar meus planos para depois.

Redundância – adiar já pressupõe o depois.

“Mas não terminei de fazer o gráfico por causa que decidi mudar de planos”.

Porque decidi: por causa que é muito errado – nem sequer existe.

“Vou estar enviando os documentos na próxima semana.”

Gerúndio é a indicação de um tempo contínuo. Neste caso o correto é “enviarei” ou “vou enviar”, afinal, você não ficará por dias enviando coisas.

Esta questão deverá ser tratada “a nível de” diretoria.

Afetação desnecessária. A questão será tratada na diretoria é o correto e informa sem enrolação.

“Eu, enquanto pessoa humana…”

Existem pessoas suínas? – redundância totalmente desnecessária.

Enquanto = na qualidade de – hábito de textos acadêmicos.

Palavras que devem ser escritas separadas!

A gente

De repente

Com certeza

Por isso

Podemos e devemos completar esse texto continuamente.Para isso, precisamos de sua contribuição. Se você quiser compartilhar novas dicas envie as informações para gargantini@gargantini.com.br. Semanalmente iremos atualizar essa página dando os créditos necessários.  Participe!


One thought on “Vamos Corrigir?

  1. Muito bom! Como revisora, sempre me deparo com erros de diversos níveis, desde os crassos, como os aqui citados, até os de norma culta ou os de oralidade transferida para a língua escrita. Sejam eles quais forem, erros gramaticais causam sim uma imagem ruim para a pessoa ou empresa associada a eles. Muito boa sua iniciativa!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s